Mar de papel na Foz do Douro – São Bartolomeu

Cerca de 400 figurantes participaram no Cortejo do Traje de Papel que, no domingode São bartolomeu, regressou às ruas da Foz do Douro. A iniciativa constitui uma das tradições mais populares do cartaz das Festas de São Bartolomeu, organizadas pela União de Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde.

 

Depois de dois anos de interregno devido à Covid-19, o cortejo, que homenageou a língua portuguesa, partiu do Jardim das Sobreiras (Cantareira) e percorreu o Passeio Alegre, a Rua do Coronel Raúl Peres, a Rua da Senhora da Luz e a Rua de São Bartolomeu. O corso terminou, como manda a tradição, com o “banho santo” na Praia do Ourigo, fazendo jus à lenda que reza que o ritual afasta maleitas durante todo o ano e serve para agradecer os favores pedidos a São Bartolomeu, cujo dia se celebra a 24 de agosto.

O Cortejo do Traje de Papel constituiu o “ponto alto” das várias atividades desenvolvidas pela União de Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde, no âmbito da iniciativa “Verão é na União”, e que conta com o apoio da Câmara do Porto. Na tribuna de honra estiveram o vice-presidente da Câmara do Porto, Filipe Araújo, e o presidente da União de Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde, Tiago Mayan, entre outros convidados.

______

Texto e fotos: porto.pt (https://www.porto.pt/pt/noticia/cortejo-de-traje-de-papel-foi-para-a-rua-com-400-figurantes?fbclid=IwAR1HKw7DkVCGp7apESA_omAtegPMZHfABd-H61sKyFoYs1I3KEtdoOY3K5o)

Logo

Nascemos porque acreditamos que a Regionalização é uma prioridade política nacional capaz de criar novos dinamismos sociais e económicos para construir uma sociedade mais justa e próspera.

Politicamente inconvenientes precisamos que seja nosso aliado na defesa da região Norte para enfrentarmos os desafios de sempre. Sem medo, com a independência que nos é oferecida pelos nossos leitores de quem dependemos ao produzir diariamente os conteúdos noticiosos que editamos.

Esteja connosco nesta luta comum. ASSINE AQUI. Obrigado