Portugal – Espanha: uma história de amor?

Ele é calmo, orgulhoso, bem-educado, mas talvez um pouco formal. Tem a seu favor o facto de ser muito hospitaleiro e tolerante e ter jeito para as línguas. Podia sair mais de casa e aproveitar o bom tempo, não ser tão pessimista nem derrotista e arriscar mais. Partir à aventura e à descoberta, como quando era novo.
Ela é espontânea, dinâmica, enérgica, explosiva, por vezes. Não para em casa, fala alto e muito depressa e não tem qualquer talento para as línguas estrangeiras. Conhecem-se há séculos e ora se zangam ora fazem as pazes. Já viveram juntos durante um curto período de tempo, mas sempre souberam que o melhor é viverem em casas separadas, o que não quer dizer que não unam esforços e partilhem o que de bom têm para partilhar.
Esta podia ser a história de Portugal e Espanha.
Eu tanto aprecio fado como flamenco e tanto gosto de comer um bom bacalhau como um gaspacho ou uma tortilha, para descortinar as diferenças, e semelhanças, entre os dois países vizinhos e as suas gentes. É certo que, embora tão próximos, há diferenças significativas, mas a convivência não é difícil, pelo contrário, julgo que portugueses e espanhóis se complementam. Temos mais coisas em comum do que com qualquer outra cultura e as duas formas de encarar a vida, mais calma pelo lado português e mais extrovertida pela parte espanhola.
Deixando para trás a história e o que poderia ter sido e não o foi, julgo que o mais importante é que Portugal e Espanha partilham um espaço comum, que é a Península Ibérica, em que temos interesses comuns. Partindo deste pressuposto e respeitando a identidade nacional de cada um, interessa reforçar as nossas relações, já que juntos somos mais fortes, tanto na Europa como no resto do mundo. Os nossos maiores êxitos foram quando Espanha e Portugal caminharam lado a lado, em sintonia.
Por Emilio Sora – Iberismo- Plataforma Ibérica – https://www.facebook.com/groups/945079575608387/permalink/5226306710818964
_______________________________________________________________________________________________
Logo

Nascemos porque acreditamos que a Regionalização é uma prioridade política nacional capaz de criar novos dinamismos sociais e económicos para construir uma sociedade mais justa e próspera.

Politicamente inconvenientes precisamos que seja nosso aliado na defesa da região Norte para enfrentarmos os desafios de sempre. Sem medo, com a independência que nos é oferecida pelos nossos leitores de quem dependemos ao produzir diariamente os conteúdos noticiosos que editamos.

Esteja connosco nesta luta comum. ASSINE AQUI. Obrigado