Guimarães e Braga ligadas por Metro

As cidades de Guimarães e de Braga poderão vir a estar ligadas pela linha ferroviária do Metro. No plano estratégico de desenvolvimento do Minho esta opção reforçaria as ligações entre a duas comunidades urbanas melhorando as condições de desenvolvimento económicos das populações.

Esta ligação vertical entre Guimarães e Braga acabaria por criar um nó ferroviário de excelência dado que já existe ligação de Braga a Famalicao (Porto) Viana do Castelo e também já existe linha que liga Guimarães ao Porto via Vizela.

Esta aposta na linha de Metro entre as duas cidades maiores do Minho pode estar incluída no plano estratégico do Governo e exige a colaboração das autarquias.

O presidente da Câmara de Braga, que é actualmente o presidente do Quadrilátero Urbano, acredita que há condições para a concretização, num futuro próximo, da ligação de metro entre Braga e Guimarães.
Ricardo Rio comentava o facto de o plano para activar a economia até 2030, apresentado por Costa e Silva ao Governo, propor o desenvolvimento de sistemas de transporte colectivos nas cidades de média dimensão, referindo concretamente a ligação por metro entre Braga e Guimarães.

Ricardo Rio evidenciou que Costa e Silva “não descobriu a pólvora”, recordando que este projecto tem sido defendido pelo próprio ministro do Ambiente, João Matos Fernandes.

Recorde-se que a ligação de metro entre Braga e Guimarães figurava já no Programa Nacional de Investimentos (PNI) 2030, plano esse que prevê um investimento substancial neste tipo de equipamentos.
Esta ligação de Braga e Guimarães por metro “está previsto no PNI 2030 do ponto de vista da sinalização das prioridades de investimento”, constata Rio, esperando que esta nova sinalização do projecto seja o impulso para a sua concretização.

“O ministro João Matos Fernandes tem sido um defensor desta solução e eu penso que ela pode ser uma realidade num futuro próximo”, sublinhou Rio, realçando que o projecto também é um desejo do Município de Guimarães.
“Quer eu, quer o presidente Domingos Bragança já temos manifestado o nosso total apoio à ideia”, referiu, lembrando que Domingos Bragança, na altura em que presidiu ao Quadrilátero Urbano, reuniu com o ministro do Ambiente precisamente para defender a necessidade de se avançar com esta ligação.

 

 

 

Logo

Nascemos porque acreditamos que a Regionalização é uma prioridade política nacional capaz de criar novos dinamismos sociais e económicos para construir uma sociedade mais justa e próspera.

Politicamente inconvenientes precisamos que seja nosso aliado na defesa da região Norte para enfrentarmos os desafios de sempre. Sem medo, com a independência que nos é oferecida pelos nossos leitores de quem dependemos ao produzir diariamente os conteúdos noticiosos que editamos.

Esteja connosco nesta luta comum. ASSINE AQUI. Obrigado

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com