Braga – Seco Magalhães recandidata-se a Maximinos, Sé e Cividade

João Seco Magalhães apresentou a sua recandidatura como cabeça de lista do Movimento Independente Servir Maximinos, Sé e Cividade, cuja sede de campanha é um antigo armazém de azeite e mercearia. A cada um dos presentes na sessão pública, na Rua Cruz de Pedra, 143, foi entregue uma garrafa de azeite e um chouriço, por entre críticas ao sistema partidário que coloca um garrote às candidaturas de independentes.

O momento foi marcado pela apresentação dos mandatários da candidatura, Prof. Helena Correia e prof. Joaquim Vilaça. Seco Magalhães recusou-se a revelar quem apoia para presidente da Câmara Municipal de Braga, mantendo-se equidistante de todos os candidatos.

A lista de João Seco Magalhães obteve, em 2017, quase dois mil votos (27,1 por cento), ficando a trezentos votos da lista venecdora, liderada por Luís Pedroso, candidato pelo PSD/CDS/PPM  para a Assembleia de Freguesia  da União de Freguesias de Maximinos, Sé e Cividade.

Natural de Maximinos, João Seco Magalhães estudou na Escola Carlos Amarante e no Colégio Dom Diogo de Sousa. Depois de cumprir o serviço militar, durante seis anos, dedicou-se ao comércio de azeite. Entre 2001 e 2013 exerceu o cargo de presidente da Junta de Freguesia de Maximinos,  tendo como prioridades a área social e o ambiente.

Apresenta-se com larga experiência que considera uma “inegável mais valia para enfrentar e ajudar a resolver os problemas da vida dos seus concidadãos” e define-se como um “homem de palavra e de trabalho”.

A decisão de se recandidatar, argumentou Seco Magalhães, é  “ exclusivamente dos eleitores que acreditaram em nós para os representarmos nesta jornada de quatro anos, uma vez que o movimento Servir Maximinos, Sé e Cividade obteve uma votação com pouca margem de diferença  relativamente à da coligação atualmente no poder”.

“Com base no que nos transmitem os fregueses desta união de freguesias e na certeza de que não defraudaremos as suas espectativas,  damos o “pontapé de saída” para uma nova disputa com a coligação partidária no poder” — prosseguiu João Seco Magalhães que repete a abelha como símbolo da sua lista..

O movimento Servir Maximinos, Sé e Cividade assume o compromisso de  “centrar as suas ações no serviço,  atendimento  e resolução dos problemas das pessoas e instituições sociais, culturais e recreativas, fortalecendo ainda o voluntariado e a formação, entendendo que trabalhando em articulação conseguiremos atingir os melhores resultados”.

A área social e  ambiental  será prioritária na atuação do movimento Servir Maximinos Sé e Cividade  e a “nossa experiência é uma mais valia para enfrentar,  ajudar e cooperar  na resolução dos constrangimentos da vida

Logo

Nascemos porque acreditamos que a Regionalização é uma prioridade política nacional capaz de criar novos dinamismos sociais e económicos para construir uma sociedade mais justa e próspera.

Politicamente inconvenientes precisamos que seja nosso aliado na defesa da região Norte para enfrentarmos os desafios de sempre. Sem medo, com a independência que nos é oferecida pelos nossos leitores de quem dependemos ao produzir diariamente os conteúdos noticiosos que editamos.

Esteja connosco nesta luta comum. ASSINE AQUI. Obrigado

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com