O frigorífico do senhor Primeiro-Ministro

António Costa, nosso primeiro-ministro, agora absoluto por decisão colectiva, voltou esta semana a proferir a sua confiança de pessoa “optimista” e enfrentou o debate parlamentar com a confiança que lhe permitiu anunciar a “reformas estruturais” que está a promover. Pelas televisões ficamos a saber que a coisa rola e está bem, apesar de ter dado ordens à ministra Temido para interromper as férias que regressando ao ministério se apressou a anunciar a criação “de uma comissão” para “estudar” o caos nas urgências e nos serviços de obstetrícia com grávidas a parir em destinos improvisados.

A fé “absoluta” nas bençãos do BCE dão horizonte narrativo ao nosso “primeiro” para enfrentar o mafarrico da inflação e o consequente aumento das taxas de juro; politicamente, a guerra na Ucrânia, justifica a subida, por isso, a austeridade – que o PS aboliu por decreto – continua “ausente” da narrativa e só encontra reflexo nos discursos da oposição que continua a “não perceber” a decisão do Povo.

Esta semana o Jornal de Notícias, na mesma edição, decidiu colocar na linha da opinião pública um tema que importa avaliar até para percebermos como se governa: atenção ao bolso de quem trabalha ou acolhimento da narrativa oficial baseada no optimismo oficial. Ora veja:

Ao ver estas imagens, percebe o leitor como nasceu o título desta crónica. O nosso “primeiro” costuma ir às compras? Quem lhe enche o frigorífico? Nas viagens já experimentou meter 20 euros de “gasosa” e viu para quantos quilómetros dá? Como já vai com sete anos de exercício de funções já comparou os preços?

Acreditando que  António Costa continue um “optimista”, esperamos que  partilhe connosco as razões que o levam a sorrir.

_______________

Imagem: Henricartoon.pt

 

 

Logo

Nascemos porque acreditamos que a Regionalização é uma prioridade política nacional capaz de criar novos dinamismos sociais e económicos para construir uma sociedade mais justa e próspera.

Politicamente inconvenientes precisamos que seja nosso aliado na defesa da região Norte para enfrentarmos os desafios de sempre. Sem medo, com a independência que nos é oferecida pelos nossos leitores de quem dependemos ao produzir diariamente os conteúdos noticiosos que editamos.

Esteja connosco nesta luta comum. ASSINE AQUI. Obrigado

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com